É só começar a surgir um resfriado ou uma gripe para a nossa garganta começar a reclamar. Engolir qualquer alimento é um sofrimento só, não é mesmo? Durante essa época, é bom saber o que consumir e o que evitar para sua garganta não sofrer ainda mais.

O que causa a dor de garganta?

A dor de garganta é um sinal que seu organismo dá de que alguma coisa lá dentro não está funcionando bem. E, muita vezes, isso é por conta de infecções virais ou bacterianas. As infecções virais evoluem para gripe, laringite, faringite, amigdalite, entre outras doenças.

Já as infecções bacterianas podem virar uma também faringite ou uma amigdalite. Por isso, é sempre aconselhável uma consulta ao médico, para ele dar o diagnóstico e o tratamento certo.

Alimentos para evitar

Torradas, cereais, granolas e outros alimentos mais durinhos devem ser dispensados das refeições diárias nesse meio-tempo. Isso porque eles arranham a garganta e causam uma dor ainda maior.

Alimentos picantes, com muito tempero e até os mais ácidos não são também boas opções. Pimenta, vinagre e até mesmo gengibre, em muita quantidade, podem deixar a mucosa ainda mais irritada.

Alimentos amigos

Existem algumas frutas e verduras que proporcionarão o alívio que você precisa. A couve, por exemplo, tem propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, perfeitas para uma garganta inflamada. A goiaba pode ser considerada um analgésico natural e traz aquela calmaria.

Outro alimento superpoderoso? A cenoura. Ela é rica em vitamina A e C e uma forte combatente contra as inflamações. E ainda tem um bônus: ajuda a deixar seu sistema imunológico forte de novo.

Escreva um comentário