Criar um hábito nunca é tarefa fácil, especialmente se for a prática de exercícios físicos, regularmente.

A gente sabe que a preguiça e a falta de tempo no dia a dia são os principais obstáculos, mas vale a pena dedicar um tempo para cuidar do seu corpo e da sua saúde.

Benefícios dos exercícios

Prevenir o surgimento de doenças futuras é um dos principais fatores que você deve considerar. Você vai deixar sua imunidade mais forte (evitando aqueles resfriados chatinhos), cuidar melhor do seu colesterol, deixar seu coração mais saudável e os ossos também.

Outras vantagens: você fica mais disposto durante o dia e, à noite, vai dormir igual a um bebê. Além disso, a prática dos exercícios ajuda a liberar um hormônio que só faz bem para a gente: a endorfina. Com ela, a ansiedade e o estresse vão embora, dando lugar a uma sensação maravilhosa de bem-estar.

Dica número 1 para começar: escolhendo o horário

A parte de manhã é sempre a melhor escolha para quem quer criar o hábito. Dentre os ganhos, estão uma megadisposição para encarar as tarefas diárias e o fato de que você já ficará livre e não dependerá do decorrer do dia para conseguir um horário.

Dica número 2 para começar: a escolha do exercício

Às vezes, a gente quer abraçar o mundo e se sente um super-herói, achando que vai conseguir mandar muito bem em uma corrida de 10km logo de cara.

O problema é a tal da expectativa x realidade, além da vontade de desistir se não foi do jeito que você esperava. Por isso, inicie com uma prática simples, como uma caminhada ou uma corrida de 2km, por exemplo. Depois vá aumentando os desafios, aos poucos. Quando você menos esperar, vai correr 10km fácil, fácil.

Dica número 3 para começar: chame os amigos

Quando a gente está cercado de pessoas com os mesmos objetivos ou que estejam torcendo para o nosso sucesso, é bem mais provável que você consiga realizar o que deseja.

Que tal combinar com os colegas de trabalho mais chegados ou com seus melhores amigos de ir à academia juntos ou correr pela manhã?

Dica número 4 para começar: de olho na alimentação

Se você quer ter o hábito de cuidar do corpo e da saúde, a alimentação precisa estar incluída nesse cardápio. E se forem alimentos que ajudem você a se aperfeiçoar na prática dos exercícios, melhor ainda. Para a musculação, as proteínas e os carboidratos, consumidos com equilíbrio, darão aquela energia extra que você precisa.

Se o foco é a corrida, invista mais nos carboidratos. Exercícios ao ar livre exigem maior consumo de líquidos. Beber duas garrafas de água, 90 minutos antes, vai fazer uma grande diferença.

Dica número 5 para começar: não se sabote

Tem dias que a preguiça vai voltar a bater na sua porta e impedir que você vá à academia. Ou algo no trabalho que o(a) aborreça, uma discussão com um amigo,
familiar ou namorado(a) podem fazer com que você não sinta vontade de praticar exercícios.

Não deixe que esses fatores, ou até mesmo pensamentos, impeçam você. A prática de exercícios é um momento só seu, no qual você está cuidando de você mesmo(a). Valorize esse momento.

Dica extra para começar: divirta-se!

O importante é que esses exercícios tragam bem-estar. A música pode ajudar. Prepare uma playlist especial para a sua hora de exercícios, aperte o play e aproveite cada segundo.

Escreva um comentário