Estamos naquele período que a criançada e os adolescentes adoram, mais conhecido como férias. O tempo que eles teriam para ficar em sala de aula passa a ser gasto com outras atividades, como praia, piscina, brincadeiras, prática de esportes etc.

Aí já viu: fica todo mundo nos 220 volts, correndo para lá e para cá, e a vontade de fazer lanchinhos, quase que a toda hora, é normal. Para eles ficarem sempre bem alimentados e aproveitarem bem essa época, nada melhor que pensar em um cardápio bem saudável e gostoso.

Pense no grupo nutricional

Na hora de montar o lanche, é importante levar em conta três grupos alimentares: os construtores, os reguladores e os energéticos.

Nos construtores, estão as proteínas, que incluem queijos, iogurtes, leite e carnes. Nos reguladores, o foco são alimentos que ajudam no equilíbrio das funções do organismo, regulado a digestão e melhorando o sistema imunológico. Nessa lista, entram frutas, legumes e verduras. Por fim, vêm os energéticos, que dão aquele pique que eles precisam para aproveitar o dia. Inclua nesse cardápio os carboidratos, como pães, biscoitos e bolos.

Embutidos é um grande não

A gente sabe o quanto é prático incluir um presunto e um peito de peru já cortados da padaria no sanduíche dos pequenos. Mas eles contêm uma quantidade de sódio alta, e muito sal na alimentação pode trazer problemas futuros, como a hipertensão. Experimente preparar um peito de frango grelhado, temperado com o mínimo de sal e um pouco de limão.

A escolha do pão

Por falar em pão, existem opções saudáveis para você usar no sanduíche. Os pães de aveia, de linhaça ou até mesmo os de mandioca e cenoura são boas opções e você já consegue encontrá-los em supermercados e padarias.

Diminua o açúcar

O açúcar traz muita energia, mas em grandes quantidades, não só traz cáries para os dentes como pode até contribuir para o surgimento de um diabetes. Por isso, invista em sucos de frutas e troque o açúcar comum pelo mascavo na hora de preparar o bolo.

Vitamina C sempre!

Essa vai ser mesmo a melhor amiga das férias. A vitamina C ajuda a proteger as células do organismo, a potencializar a proteção do sistema imunológico e ainda traz energia para as atividades. Além disso, é fácil levar na bolsa térmica ou na lancheira frutas como laranja, morango e mamão.

A Valda C também pode entrar nessa lista. As crianças de 4 a 6 anos podem consumir até 30mg por dia (cerca de 4 gomas). Já para crianças e adolescentes de 7 a 18 anos, recomenda-se até 35mg (cerca de 5 gomas). Consulte sempre o(a) pediatra, para ele(a) recomendar a proporção ideal para seu(sua) pequeno(a).

Escreva um comentário