O sol é sempre um convite para cuidar da saúde e fazer um treino ou um exercício físico ao ar livre. Mas durante o verão, que a temperatura aumenta, é preciso ter cautela. Então, antes de sair para sua corrida no parque ou para aquele jogo na praia, preste atenção nestas dicas.

Temperatura máxima

A temperatura natural do nosso corpo gira em torno dos 36°C, 37°C. Quando a gente está exposto a um calor excessivo, o nosso corpo começa a liberar água, mais conhecida como suor, para que a temperatura corporal continue nesse equilíbrio.

A prática de exercícios físicos ao ar livre, em temperaturas muito altas, vai fazer seu corpo produzir ainda mais suor, e se não for reposto, pode causar uma desidratação, que dependendo do nível, pode trazer riscos à saúde. Por isso, o recomendado é fazer seu treino ou corrida com temperatura ambiente de, no máximo, 30°C.

Hora dos cuidados.
Regra número 1: beba água

Por conta da perda de líquido, que normalmente acontece durante um exercício físico, é importantíssimo fazer a reposição. Para manter o corpo hidratado, deve-se beber entre 250ml a 600ml, pelo menos duas horas antes da atividade.

Durante o exercício, beba pequenos volumes de água, para manter o corpo em uma boa temperatura corporal. Ao fim do exercício, você pode tomar uma água de coco, que é rica em potássio. Mas se seu exercício for de longa duração, a partir de uma hora mais ou menos, os isotônicos são a melhor opção.

Regra número 2: horário

O horário entre 10 horas da manhã e 4 horas da tarde deve ser evitado na hora de planejar sua rotina de exercícios físicos ao ar livre, ainda mais no verão.

Durante esse período, a incidência dos raios solares é muito forte e a realização do seu treino nesse tempo pode trazer um sério caso de insolação.

Regra número 3: proteção solar

O uso do filtro solar deveria ser um hábito diário e, durante a prática de exercícios ao ar livre, essa rotina deve ser intensificada. Em dias de sol mais forte, é importante passar o filtro solar com 15 minutos de antecedência.

Já existe no mercado protetores solares próprios para a prática de esportes, por sua maior resistência ao suor.

Regra número 4: alimentação leve

A refeição certa antes de uma corrida ou da prática de um esporte ao ar livre pode fazer a diferença tanto no desempenho quanto para evitar a fadiga.

Se você vai escolher fazer uma corrida, escolha alimentos que dão mais energia. Oleaginosas, como a castanha e a amêndoa, e proteínas, como o ovo, o frango e o iogurte, são ótimas opções. O importante é optar por um cardápio leve, que seja de fácil digestão.

Regra número 5: o que fazer caso se sinta mal

Se, mesmo seguindo as regras anteriores, você começar a passar mal, a primeira coisa a se fazer é deitar-se em um local com sombra. Feito isso, comece a hidratar-se lentamente, especialmente com um isotônico. Caso você ainda sinta tontura e fraqueza, peça ajuda para alguém ir com você a um pronto-socorro mais próximo.

Escreva um comentário